terça-feira, 25 de junho de 2013

Novo Artigo, Nova Contribuição

Foi publicado recentemente no Journal of ConChology, artigo científico de autoria da profa. Dra. Marta Luciane Fischer e colaboradores, intitulado ECOLOGICAL MEDIATORS FOR THE GREGARIOUS BEHAVIOUR  OF ACHATINA FULICA (MOLLUSCA; ACHATINIDAE).

Trata-se de uma nova e importante colaboração na área! Aproveitem!



sexta-feira, 17 de maio de 2013

Conexão é notícia!

Nossa página é notícia! 


Entrevista com a Dra. Marta Fischer e links para os materiais da Conexão Caramujo foram divulgados hoje.

Acesse: 

Marau Notícias

Não esqueça de acompanhar a postagem dos nossos materiais didáticos e informativos! 

domingo, 10 de março de 2013

O que você faz/faria ao encontrar um Caramujo Gigante Africano?

Usuários de Internet no Brasil.
FONTE: IBOPE, 2012.

A ferramenta que nos permite viabilizar esta página é hoje acessada por cerca de 83,4 milhões de pessoas no Brasil (IBOPE, 2012).  A internet representou uma revolução ao acesso à informação em todo o mundo, permitindo a troca de dados com velocidade, oferecendo comunicação, cultura e educação.
Ao realizarmos uma breve pesquisa em um site de buscas rapidamente encontramos inúmeros questionamentos e orientações sobre o que fazer ao nos depararmos com uma infestação de Caramujo Gigante Africano em residências, hortas, materiais de construção, lixos abertos, entre outros.

Mas, você sabe realmente como deve agir?

Um dos pontos mais relevantes do estudo que desenvolvemos foi justamente o grande número de informações disponíveis a cerca do controle e manejo da espécie. No entanto, a maioria das fontes aborda uma linguagem excessivamente técnica, com informações incompletas e muitas vezes, não adaptadas às realidades de cada região. Os animais distribuídos pelo território brasileiro apresentam diferenças quanto ao peso e tamanho, entre outras características que devem ser levadas em consideração durante a catação a fim de evitar que caracóis nativos sejam recolhidos indevidamente.
Gostaríamos de saber como você obtém informação para realizar o controle e quais ações realiza.
Responda a enquete ao lado e participe! Assim, você colabora com a evolução de nossos estudos e com a preservação do meio ambiente.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Caramujo Gigante Africano: praga a ser combatida ou Alternativa de alimentação?




Desde que foi considerada como espécie exótica invasora no Brasil, é alvo de constantes discussões a cerca das melhores técnicas para manejo e controle, dos prejuízos por ela causados e pelo seu potencial em transmitir importantes nematoides que podem causar doenças.

O fato é que, inicialmente, a ideia da criação controlada era justamente comercializar a carne de Achatina fulica como um substituto ao verdadeiro escargot – Helix aspersia – cuja produção é mais onerosa e menos produtiva. 
Porém a carne não caiu no gosto dos consumidores e a ideia não teve êxito.

No entanto, ao contrário, há uma linha de pesquisa que afirma que o Caramujo Africano é uma excelente fonte alternativa de alimento para populações carentes. 

Alguns dos principais argumentos dos pesquisadores que defendem a prática são que, além de ser uma carne com fonte nutricional significativa, o consumo poderia desviar a atenção de animais silvestres, alternativa de alimento em algumas comunidades, contribuindo assim para a conservação ambiental.
Oficialmente, de acordo com o IBAMA, a criação e venda, entre outras atividades prescritas em lei, é proibida e acarreta em multas e penalidades.

Sendo a base legal para controle de Achatina fulica:

CDB Art. 8o; Constituição Federal Art. 225, parágrafo 1o, inciso VII; Lei 5197/67 Art. 4o; Lei 9605/98. Art. 31, 37 e 61; Decreto 3179/99 Art. 12 e 45; Decreto 4339/02; Portaria IBAMA 93/98 Art. 31; Instrução Normativa Ibama 73/18/2005; Lei 11756/04 (para o Estado de São Paulo).


E você, o que acha da ideia? Responda nossa enquete acima!


 A Conexão Caramujo esclarece que não indica o consumo do Caramujo Gigante Africano sem as devidas orientações, bem como ressalta a importância de manter as boas práticas de controle e catação nas residências com infestações. Para maiores informações, consulte nosso material sobre Saúde – O Caramujo Africano e Você. 

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Conexão Premiado no XX SEMIC PUCPR

É com muita satisfação que anunciamos o projeto Conexão Caramujo como um dos premiados do XX SEMIC PUCPR. Foi uma semana de muito trabalho que contou com a apresentação de quase 1000 projetos de iniciação científica em todas as áreas do conhecimento e que contribuiu para o desenvolvimento da pesquisa acadêmica no país. Gostaríamos de agradecer aos órgãos financiadores e à Academia PUCPR pela oportunidade em apresentar da melhor forma a dedicação de um ano de pesquisa.  À Profa. Dra. Marta Fischer, quem idealizou o projeto, um agradecimento especial pela verdadeira orientação. 
Conheça em detalhes o projeto: